OPERADOR CNC / VINHEDO / 1 VAGA(S)

  05 / 06     8:50 ( 2950129 )

Arbeit-Ajax Consultoria em Recursos Humanos está com 1 vaga(s) em aberto para Vinhedo.

Responsabilidades: Programar e operar Centros de Usinagem com Comando Numérico Computadorizado (CNC); usinar peças seriadas e não seriadas; ajustar ferramentas; interpretar desenhos técnicos e ordens e produção; utilizar instrumentos de medição; realizar testes e controles de ferramental; verificar controle de qualidade.

Requisitos: Conhecimento em comando Mach 9; noções de set up; Ensino Médio; conhecimentos e prática em leitura e interpretação de desenhos técnicos, em instrumentos de medição e na usinagem de peças seriadas e não seriadas.

Salário: a combinar

Benefícios: Vale Transporte (em dinheiro) e Refeição no Local. Após o período de experiência, Assistência Médica e Odontológica.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie cópia de documentos e fotos/selfies por e-mail, WhatsApp, aplicativos de celular ou através de sites que não conheça. O Emprega Campinas não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

Observações: Segunda a quinta das 07:30hrs às 17:30hs sexta das 07:30hrs às 16:30hrs.

Os interessados deverão encaminhar o currículo aos cuidados de RH para o e-mail curriculos.ind@arbeit-ajax.com.br com a sigla Operador CNC no campo assunto até o dia 14/06/2024.

Vaga disponibilizada sob responsabilidade do anunciante, exclusivamente para publicação por meio do site e redes sociais do Empregas Campinas. Proibida a reprodução em outros sites, redes sociais e/ou meio de comunicação, salvo por aqueles prévia e expressamente autorizados pelo Emprega Campinas.

AVISO

O Emprega Campinas não autoriza o uso das informações disponibilizadas em seu site por terceiros. As informações compõe o acervo da empresa, que é protegido por lei.

Site monitorado por Barini De Santis Sociedade de Advogados.

Denunciar abuso