ANALISTA DE ALMOXARIFADO / VALINHOS / 1 VAGA(S)

  15 / 11     15:10 ( 2833982 )

DELTEC EQUIPAMENTOS INDUSTRIAIS está com 1 vaga(s) em aberto para VALINHOS.

Responsabilidades: Analise e gestão de pedidos, ordens de serviços e Pickings. Elaboração e acompanhamento dos KPY’s da área. Emissão e follow up das solicitações de compras. Atuar nas rotinas de melhoria continua e inventário do almoxarifado. Suportar liderança nas rotinas de entregáveis para a produção.

Requisitos: Imprescindível conhecimento avançado do pacote office, desejável conhecimento do ERP MEGA e Power BI.

Salário: a combinar

Benefícios: Convênio Médico, Convênio odontológico, Vale Alimentação, Vale Transporte, Refeição no local, Convênio Farmácia, Universidade, TotalPass, Auster e Presente Aniversário

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie cópia de documentos e fotos/selfies por e-mail, WhatsApp, aplicativos de celular ou através de sites que não conheça. O Emprega Campinas não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

Observações: Horário de trabalho: 1º turno – 07:00 às 16:48hs (Segunda à Sexta) Contratação CLT ENVIAR PRETENSÃO SALARIAL

Os interessados deverão encaminhar o currículo aos cuidados de RH para o e-mail rh@deltec.com.br com a sigla ANALISTA ALMOX. no campo assunto até o dia 30/11/2023.

Vaga disponibilizada sob responsabilidade do anunciante, exclusivamente para publicação por meio do site e redes sociais do Empregas Campinas. Proibida a reprodução em outros sites, redes sociais e/ou meio de comunicação, salvo por aqueles prévia e expressamente autorizados pelo Emprega Campinas.

AVISO

O Emprega Campinas não autoriza o uso das informações disponibilizadas em seu site por terceiros. As informações compõe o acervo da empresa, que é protegido por lei.

Site monitorado por Barini De Santis Sociedade de Advogados.

Denunciar abuso