PORTEIRO / MONTE MOR / SP / 2 VAGA(S)

  07 / 04     22:39 ( 2019337 )

AST CONSULTORIA está com 2 vaga(s) em aberto para MONTE MOR / SP.

Responsabilidades: Identificar e controlar a entrada e saída de funcionários, representantes, visitantes, agregados, terceiros e outros; Fiscalizar funcionários e visitantes com uso de vestimenta inadequada; Comunicar gestores sobre atrasos de funcionários; Efetuar e atender ligações telefônicas fora do horário comercial; Controles de acessos de veículos, bem como sua organização; Recepcionar e encaminhar correspondências à recepção; Controlar e relatar em planilhas a entrada e saída de mercadorias e do ônibus fretado, entre outras funções.

Requisitos: Residir em Hortolândia; Possuir Ensino Médio Completo; Desejável Curso de Portaria; Experiência na função.

Salário: a combinar

Benefícios: Fretado/VT, refeição na empresa e cesta básica.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça. O Emprega Campinas não se responsabiliza por qualquer tipo de pagamento efetuado.

Observações: Residir em Hortolândia; Possuir Ensino Médio Completo; Desejável Curso de Portaria; Experiência na função.

Os interessados deverão encaminhar o currículo aos cuidados de Seleçao para o e-mail selecaoast2020@gmail.com com a sigla PORTEIRO no campo assunto até o dia 20/04/2021.

Vaga disponibilizada sob responsabilidade do anunciante, exclusivamente para publicação por meio do site e redes sociais do Empregas Campinas. Proibida a reprodução em outros sites, redes sociais e/ou meio de comunicação, salvo por aqueles prévia e expressamente autorizados pelo Emprega Campinas.

AVISO

O Emprega Campinas não autoriza o uso das informações disponibilizadas em seu site por terceiros. As informações compõe o acervo da empresa, que é protegido por lei.

Site monitorado por Barini De Santis Sociedade de Advogados.

Denunciar abuso