ANALISTA PCP / PAULÍNIA / SP / 1 VAGA(S)

  11 / 06     16:15 ( 1707146 )

Empresa no segmento de componentes eletrônicos está com 1 vaga(s) em aberto para PAULÍNIA / SP.

Responsabilidades: Analisar previsões de venda; Planejar e elaborar o plano de produção; Rodar o MRP e gerar necessidades de compras e produção; Analisar carga e capacidade; Confirmar as necessidades de matérias-primas, embalagens e materiais de consumo; Emitir solicitações de compra e acompanhar o processo; Conferir e liberar as ordens de produção; Elaborar a programação da produção; Acompanhar as etapas da produção; Fazer o controle da produção; Acompanhar clientes no diligenciamento da produção sob encomenda; Gerenciar os indicadores de PCP; Apurar o custo.

Requisitos: Experiência na área de PCP. Desejável ensino superior completo ou em andamento e conhecimento no modelo Just in Time e Kanban.

Salário: a combinar

Benefícios: Pacote de benefícios completo.

ATENÇÃO: Nunca pague nenhum valor para participar de um processo seletivo. Não compre cursos, apostilas ou serviços que prometam participação em seleção ou contratação para uma vaga. E jamais informe dados bancários, de cartão ou envie documentos por e-mail ou através de sites que não conheça.

Observações: Contrato efetivo CLT; Horário de trabalho: 07:00 às 17:00; Disponibilidade para trabalhar em Paulínia/SP.

Os interessados deverão encaminhar o currículo aos cuidados de RH para o e-mail recrutamento@temporh.com.br com a sigla PCP no campo assunto até o dia 31/06/2019.

Vaga disponibilizada sob responsabilidade do anunciante, exclusivamente para publicação por meio do site e redes sociais do Empregas Campinas. Proibida a reprodução em outros sites, redes sociais e/ou meio de comunicação, salvo por aqueles prévia e expressamente autorizados pelo Emprega Campinas.

AVISO

O Emprega Campinas não autoriza o uso das informações disponibilizadas em seu site por terceiros. As informações compõe o acervo da empresa, que é protegido por lei.

Site monitorado por Barini De Santis Sociedade de Advogados.

Denunciar abuso